Convento do Espinheiro

Fascinante pela sua história, autêntico pelo seu charme.

Reza a história, que Nossa Senhora terá aparecido em cima de um espinheiro a um pastor. Deste local de devoção foi feita uma capela, e o Bispo D. Vasco Perdigão terá mandado fazer depois um convento que entregou aos frades Jerónimos.

O Convento de Nossa Senhora do Espinheiro recebia, com frequência, a visita dos nossos reis, sobretudo os da dinastia de Avis, que tinham muita devoção pela Virgem, e, por isso, lhe prodigalizavam grandes dádivas e privilégios.

Foi este convento construído no reinado de D. Afonso V, que logo começou a frequentá-lo.

A capela está profanada desde o século XVIII, chegando mesmo nessa altura a ser transformada em pocilga de porcos. A pedra que cobre a sepultura de Garcia de Resende, e em que já se pode observar o alvorecer da Renascença, foi em tempos vendida por 4$800 réis para servir de mesa de cozinha. Alguns anos mais tarde voltou ao seu antigo lugar.

A profanação foi tanta que os ossos do poeta foram recolhidos carinhosamente, em 1865, pelo professor de latim do Liceu de Évora, Manuel Martiniano Marrecos, e depositados na Biblioteca daquela cidade, onde se perderam.

Apreciando em conjunto a presença do convento de Nossa Senhora do Espinheiro na história portuguesa, verificamos, não sem alguma emoção, que aquelas pedras que ainda hoje nos contemplam na solidão da planície, viram desfilar muitas personagens ilustres e testemunharam os anseios e o comportamento de muitos que nos precederam. Reis, príncipes, prelados, grandes senhores e grandes damas da corte, pela sua devoção e generosidade, fizeram do convento um centro de irradiação e de refúgio, pelo que o podemos considerar indissoluvelmente ligado não só à cidade de Évora, mas também e com maior amplitude à própria vida da Corte, num período bastante longo cujos limites já concretamente assinalámos.

O Convento de Nossa Senhora do Espinheiro foi centro de cultura com a escola de pintura com Frei Carlos. No tempo do Estado Novo, também aqui foi centro de cultura para as crianças das redondezas com uma escola primária. Na parte religiosa além da Romaria de Quinta-Feira de Ascensão com a festa de Nossa Senhora do Espinheiro, nesta Igreja se realizaram muitos casamentos e baptizados.

Antes & Depois

A nossa história representa a nossa verdadeira identidade

+351 962 098 149