Em Portugal há muito tempo que celebramos o Dia dos Namorados. E como tal, no Convento do Espinheiro não poderia ser diferente!

Logo, no Dia de São Valentim celebra-se o amor e a paixão. Entre amantes, namorados, noivos e casados. Partilham-se sentimentos. Trocam-se chocolates, postais, planos e surpresas para a cara metade.

Deste modo, se está a pensar em convidar a sua pessoa mais-que-tudo, no Convento do Espinheiro temos um programa elaborado e requintado para si. Também fizémos planos para o restante mês de Fevereiro. Consequentemente, na noite dos Namorados, terá direito a um jantar romântico. Logo será uma noite especial, uma surpresa para a pessoa amada.

 

História do Dia de São Valentim

Segundo reza a história (ou a lenda), por volta do século III, o Imperador Romano Cláudio II decidiu proibir temporariamente a celebração de casamentos. O objetivo era conseguir formar um exército poderoso. Porque queria garantir que os jovens se concentravam na guerra e na vida militar.

Apesar desta regra imperial, havia um bispo, chamado Valentim, que contrariou estas ordens. O bispo Valentim continuou a celebrar casamentos, de forma clandestina! Mas esta violação da lei do Imperador fez com que Valentim fosse preso e condenado à morte.

Até ser executado, o bispo Valentim ia recebendo flores e bilhetes, que eram enviados por pessoas anónimas como forma de agradecimento por aquilo que tinha feito. Daí a tradição que chegou aos dias de hoje.

 

Poderosa história de amor

Assim, a filha do guarda da prisão de Valentim era cega e muito curiosa e por isso pediu para visitar o preso. Mal se aproximou dele recuperou a visão. Reza a história que se apaixonaram um pelo outro.

Apesar de tudo, esta estória não tem final feliz: a ordem de execução dada pelo imperador Cláudio cumpriu-se e Valentim foi decapitado a 14 de fevereiro de 270 d.C, no século III.

Como tal, graças à indefinição e à falta de factos históricos inequívocos, a Igreja Católica não celebra oficialmente esta data, mas ela não deixa de ser festejada um pouco por todo o mundo, fazendo parte das tradições nacionais. Isto porque nos chegaram relatos de pelos menos dois Valentim, santos martirizados, diretamente relacionados com o dia 14 de fevereiro.

 

+351 962 098 149BrasilReside no Brasil? Reserve aqui!
Sojern Image Pixel